DIÁLOGO ENTRE GERAÇÕES, EDUCAÇÃO E TRABALHO: INSTRUMENTOS PARA CONSTRUIR UMA PAZ DURADOURA

15 de janeiro de 2022

DIA MUNDIAL DA PAZ

O PAPA FRANCISCO PROPÕE TRÊS CONTEXTOS, TRÊS PERCURSOS PARA CONSTRUIR UMA PAZ DURADOURA.

COMO PODEMOS CONSTRUIR, HOJE, UMA PAZ DURADOURA?

O PAPA IDENTIFICA TRÊS CONTEXTOS DE EXTREMA ATUALIDADE, SOBRE OS QUAIS IMPORTA REFLETIR E AGIR: DAÍ O TÍTULO

DIÁLOGO ENTRE GERAÇÕES, EDUCAÇÃO E TRABALHO: INSTRUMENTOS PARA CONSTRUIR UMA PAZ DURADOURA

O DIA MUNDIAL DA PAZ FOI CRIADO PELO PAPA PAULO VI, EM DEZEMBRO DE 1967, E CELEBRADO PELA PRIMEIRA VEZ, EM 1 DE JANEIRO DE 1968. O PAPA COMEÇOU A FALAR DA IMPORTÂNCIA DO DESENVOLVIMENTO DOS POVOS COMO UM CAMINHO PARA JUSTIÇA.

O PAPA FRANCISCO, DESDE O INICIO DO SEU PONTIFICADO, HABITUOU-NOS A ESCUTAR E A LER OS SEUS PENSAMENTOS, PARA A IGREJA E PARA O MUNDO, E CONVIDA-NOS A OLHAR OS SINAIS DOS TEMPOS.

DESAFIA-NOS CONSTANTEMENTE A UMA ESCUTA PERMANENTE, DESAFIA-NOS A UM COMPROMISSO CONCRETO DE PARTICIPAÇÃO NA VIDA, E PROCURA DE SOLUÇÕES COM OS OUTROS, PARA OS PROBLEMAS DOS MAIS POBRES E DOS TRABALHADORES, APONTANDO-NOS CAMINHOS.

O PAPA FRANCISCO, EM 2021, PROPUNHA UMA CULTURA DO CUIDADO, PARA ERRADICAR A INDIFERENÇA DO DESCARTE E DO CONFLITO.

A PAZ É ESSENCIAL NA VIDA DAS PESSOAS, PARA QUE POSSAMOS VIVER DIGNAMENTE.

A PAZ NÃO SE ENCOMENDA NEM SE COMPRA, CONSTRÓI-SE A TODOS OS MOMENTOS, NO NOSSO DIA A DIA, SEMPRE QUE NOS DISPONIBILIZAMOS PARA OS OUTROS, PARA OUVIR, ESCUTAR E PARTILHAR. A NOSSA ATENÇÃO À VIDA DEVE DAR RAZÃO E CONSCIÊNCIA DA NOSSA DIFERENÇA, SENDO IGUAIS AOS NOSSOS IRMÃOS.

O PAPA REPETE MUITAS VEZES QUANDO FALA À IGREJA E AO MUNDO, QUE DEVEMOS SER PORTADORES DA ESPERANÇA, DA MISERICÓRDIA DE DEUS. SAIR AO ENCONTRO DO OUTRO, QUE ÀS VEZES TEMOS DIFICULDADE EM VER. SER PERSEVERANTE, SABER ESPERAR SEM PARAR.

O PAPA, DE VÁRIAS MANEIRAS, VAI-NOS DIZENDO QUE NÃO PODEMS DESCANSAR NO ESPÍRITO, É IMPORTANTE QUE FAÇAMOS A NOSSA PARTE, O ESPIRITO FARÁ O QUE TEM DE FAZER, COMPLETANDO O NOSSO TRABALHO.

O PAPA NA SUA MENSAGEM COMEÇA POR TER PRESENTE TRÊS GRANDES QUESTÕES DA VIDA CONCRETA DOS POVOS. PARA NÓS PORTUGUESES SÃO POR DEMAIS IMPORTANTES: O DIÁLOGO ENTRE GERAÇÕES, EDUCAÇÃO E TRABALHO. SEM TERMOS EM CONTA ESTES TRÊS CAMINHOS, QUE SÃO TAMBÉM DESAFIOS, TORNA-SE MAIS DIFÍCIL CONSTRUIR A PAZ.

VIVEMOS TEMPOS DIFÍCEIS A TODOS OS NIVEIS DA NOSSA VIDA: O PAPA DIZ O SEGUINTE: ERGUEI-VOS E LEVANTAI A CABEÇA, PORQUE É JUSTAMENTE NOS MOMENTOS EM QUE TUDO PARECE ESTAR ACABADO, QUE O SENHOR VEM PARA NOS SALVAR. ESPERA COM ALEGRIA MESMO NO MEIO DAS TRIBULAÇÕES, NAS CRISES DA VIDA E NOS DRAMAS DA HISTÓRIA. É PRECISO EDUCAR, É PRECISO DIALOGAR, É PRECISO QUE TENHAMOS TRABALHO PARA TERMOS UMA VIDA COM DIGNIDADE, PORQUE FAZEMOS PARTE DA OBRA DA CRIAÇÃO E, COMPLETAMOS A OBRA DE DEUS. EU VIM PARA QUE TODOS TENHAM VIDA E A TENHAM EM ABUNDÂNCIA (S. JOÃO CAP. 10. 10)

O PAPA DIZ-NOS O SEGUINTE SOBRE O DIÁLGO ENTRE GERAÇÕES

TODO O DIÁLOGO SINCERO, MESMO SEM EXCLUIR UMA JUSTA E POSITIVA DIALÉTICA, EXIGE SEMPRE UMA CONFIANÇA DE BASE ENTRE OS INTERLOCUTORES. É PRECISO QUE HAJA SINCERIDADE. DIALOGAR SIGNIFICA OUVIR-SE UM AO OUTRO, CONFRONTAR POSIÇÕES, POR -SE DE ACORDO E CAMINHAR JUNTOS.

O PAPA DIZ QUE OS GRANDES DESAFIOS SOCIAIS E OS PROCESSOS DE PARTICIPAÇÃO, NÃO PODEM PRESCINDIR DO DIÁLOGO ENTRE OS GUARDIÕES DA MEMÓRIA – OS IDOSOS.

2º A INSTRUÇÃO E A EDUCAÇÃO COMO MOTORES DA PAZ

O PAPA CHAMA À ATENÇÃO PARA A CULTURA DO CUIDADO FACE À FRAGMENTAÇÃO E POUCA RESPOSTA DAS INSTITUIÇÕES. A CULTURA DO CUIDADO PODE TORNAR-SE UMA LINGUAGEM COMUM PARA DERRUBAR BARREIRAS E CONSTRUIR PONTES.

O PAPA DIZ-NOS QUE INVESTIR NA INSTRUÇÃO E EDUCAÇÃO DAS NOVAS GERAÇÕES É A ESTRADA QUE PODE LEVAR AS NOVAS GERAÇÕES A OCUPAR UM JUSTO LUGAR NO MUNDO DO TRABALHO.

3º PROMOVER E ASSEGURAR O TRABALHO CONSTRÓI A PAZ

O TRABALHO É FATOR INDISPENSÁVEL PARA CONSTRUIR A PAZ

O PAPA DIZ-NOS QUE O PROGRESSO TECNOLÓGICO NÃO DEVE SUBSTITUIR CADA VEZ MAIS O TRABALHO UMANO

O PAPA DIZ-NOS QUE É IMPORTANTE QUE TENHAMOS PARA COM OS OUTROS COMPROMISSOS DE COLABORAÇÃO.

O PAPA DIZ QUE OS TRABALHADORES PRECÁRIOS, COM A PANDEMIA, FICARAM MAIS FRAGILIZADOS.

O PAPA DIZ QUE SÃO IMPORTANTES OS PROJETOS EMPRESARIAIS QUE TANHAM EM CONTA O BEM COMUM E A RESPONSABILIDADE SOCIAL, E QUE O LUCRO NÃO SEJA O ÚNICO CRITÉRIO.

O PAPA TERMINA A SUA MENSAGEM CHAMANDO À ATENÇÃO DOS RESPONSÁVEIS POLÍTICOS, DOS PASTORES E DOS ANIMADORES SOCIAIS, DAS COMUNIDADES ECLESIAIS, QUE TAMBÉM SOMOS NÓS QUE CAMINHAMOS, JUNTOS, POR ESTAS TRÊS ESTRADAS: DIÁLOGO ENTRE GERAÇÕES, A EDUCAÇÃO E O TRABALHO. DIGO EU, ESTAS TRÊS ESTRADAS LEVAM-NOS A TODAS AS VERTENTES DAS NOSSAS VIDAS.